Canibal e 'Vampira' querem se casar em clínica

| 2 de fev de 2012
Isakin e Michelle estão presos na Suécia, ambos condenados por assassinatos com requintes de crueldade

Isakin Jonsson, de 33 anos, foi condenado por cortar a cabeça de sua então namorada, mãe de 5 filhos, e comer partes de seu corpo. Michelle Gustafsson, de 23 anos, também matou um homem e depois bebeu seu sangue.

Para acontecer, o casamento ainda precisa de autorização da justiça
Ambos se gabaram dos feitos usando a internet. Michelle postou uma foto com o sangue da vítima nos lábios, segurando uma faca e uma serra eltétrica, com a seguinte legenda: “Eu quero cortar as gargantas das pessoas no metrô”.

Para não serem condenados à pena de morte, ambos optaram por passar o resto das vidas confinados na clínica psiquiátrica da prisão de segurança máxima de Karsuddens. E foi lá que eles se conheceram e começaram a namorar em novembro de 2011.

Isakin pediu autorização da justiça para se casar com a namorada, nesta semana. E ligou para o jornal 'The Sun' oferecendo a história do bizarro casal em troca de dinheiro. As autoridades da Suécia ainda não informaram se o casamento será autorizado.

Fonte: Jornal BOM DIA 
Visto em: ,