Dinheiro vira pontes na Europa

| 30 de nov de 2013
No ano de 2002, passaram a circular pelas ruas da Europa as novas notas de euro desenhadas pelo austríaco Robert Kalina. Para que não houvesse nenhum país privilegiado, cada uma das sete pontes fictícias retratadas nas notas representam os diversos períodos da história e cultura européia: barroco, clássico, gótico, romântico e o modernismo do século 20. O objetivo ao retratar essas estruturas nas cédulas, era a criação de um símbolo das “pontes” que ligam a cooperação e comunicação entre os países europeus, bem como as relações internacionais do continente.


Fazendo parte do projeto urbanístico em Spijkenisse, zona residencial em Rotterdam, Holanda, o Designer Robin Stam transformou as pontes em realidade para pedestres e ciclistas, construindo cada uma delas exatamente como indicadas nas cédulas segundo a cor, forma e escala.













Fonte: Zupi
Visto em: ,