Golfinho é encontrado morto por 'excesso de acasalamento'

| 16 de nov de 2014
Tese mais acreditada é que tenha morrido de fome e hipotermia como resultado da queima de muita energia por acasalamento

Um misterioso caso tem despertado curiosidade de especialistas no Reino Unido. Um golfinho foi encontrado em um beco de um conjunto habitacional da cidade litorânea de Tarring, em West Sussex, e pode ter morrido após se acasalar em excesso. As informações são do The Mirror.

Golfinhos podem morrer de hipotermia e fome se não comem o suficiente e queimam muita gordura
(Foto: David McNew / Getty Images)

Segundo especialistas, o corpo do mamífero ainda estava quente, deitado sobre uma poça se sangue, quando foi encontrado neste sábado. A publicação destaca que a tese mais acreditada o caso do golfinho de 1,20 metros é que tenha morrido de fome e hipotermia como resultado da queima de muita energia por acasalamento. O animal tinha a idade avançada e era do sexo masculino.

A criatura pode ter sido levada até o local por pessoas (provavelmente bêbadas) onde foi encontrada dentro de um saco amarelo. “Botos vivem no ‘fio da navalha’, ou seja, se não recebem comida suficiente, as suas reservas de gordura esgotam, o que significa que eles não têm energia suficiente para pegar comida”, explicou Rob Deaville da equipe que investiga a morte do animal.

A equipe que cuida do caso afirmou que esta não seria a primeira vez que animais marítimos foram encontrados em ruas da cidade.

.via Terra
Visto em: , ,