Cão-guia orienta seu dono cego e outro ex-cão-guia cego

| 17 de mar de 2011

Graham Waspe com Edward à esquerda e Opal à direita

Depois de ajudar o inglês Graham Waspe por seis anos, o cão-guia Edward desenvolveu catarata, uma doença que deixa os olhos opacos até levar à cegueira. Mas a história que podia ser triste teve um final feliz com a chegada de Opal, a cão-guia substituta.

Opal ajuda seu dono Waspe a se locomover, como todo bom cão-guia, mas ela também ajuda seu colega aposentado Edward a tomar o rumo certo.

Em novembro de 2010, Waspe recebeu sua nova ajudante, assim que percebeu que a doença de Edward era inoperável e teve os olhos removidos.

Apesar de não poder enxergar mais nem cumprir sua tarefa como guia, o labrador Edward continua se divertindo do seu jeito preferido: no meio de crianças, ganhando carinho na barriga.

Waspe teve sorte de conseguir Opal logo que Edward se aposentou, e os dois cachorros se deram muito bem. Edward já era famoso na região que Waspe vive, Suffolk, e Opal está conquistando a admiração dos moradores aos poucos.

Parece que o cão é o melhor amigo do homem e também o melhor amigo do cão!



 Fonte: Vírgula
Visto em: ,