Mulher é demitida por não tingir os cabelos grisalhos nos EUA

| 14 de jul de 2011

ABSURDO!
Mulher é demitida por não tingir os cabelos grisalhos nos EUA

Parece piada, mas não é. Sandra Rawline, uma norte-americana de Houston, Texas (EUA), foi demitida de seu trabalho por se recusar a tingir seus cabelos, que são grisalhos!

“É assim que eu sou!”, diz Sandra, que afirma ter orgulho dos cabelos grisalhos que possui desde seus vinte e poucos anos. Rawline foi mandada embora da empresa onde trabalhava como gerente, a Capital Title of Texas, pois decidiu não acatar a ordem nada comum de tingir os cabelos, usar roupas mais jovens e chiques e estar sempre com muitas jóias! Ela foi demitida e substituída por uma funcionária dez anos mais jovem.

Segundo Sandra, o chefe chegou até se ofereceu para aplicar a tintura em seus cabelos!

Sandra processou a empresa por discriminação e preconceito. Bill Shaddock, chefe executivo da Capital Title of Texas, empresa que trabalha com negócios imobiliários, negou as acusações da grisalha e classificou a alegação como “completamente infundada e absurda”.

Como nunca recebeu reclamações sobre seu desempenho no trabalho antes de ser mandada embora, Sandra simplesmente não consegue encontrar outro motivo para ter sido demitida que não a recusa de tingir os cabelos. “Eu acredito que ninguém deva se envergonhar pelo simples fato de estar envelhecendo”, afirmou Robert Dowdy, advogado de Sandra.

Fonte: Vírgula
Visto em: ,