Made in China: alunos usam e abusam da tecnologia para colar nos exames

| 15 de jun de 2014
Equipamentos eletrônicos são flagrados em provão organizado pelo governo chinês

Todos os anos os alunos chineses fazem um exame formulado de forma parecida com o Enem (Exame Nacional do ensino Médio) para definir se entrarão ou não em uma universidade. O governo da China ainda não divulgou o número de alunos pegos tentando colar este ano, mas o jornal China News e a rádio Internacional da China lançaram uma série de fotos de alguns dos equipamentos de trapaça encontrados pelos avaliadores. Confira nas imagens a seguir as ideias malucas de cola flagradas com os estudantes.

Um aluno foi pego usando um par de óculos com uma câmera em Shenyang na província de Liaoning. O trapaceiro conseguia ativar a câmera (foto superior), com o que parece ser uma moeda de obturador remoto. A câmera, então, enviava as fotos em preto e branco do teste para um local externo. A resposta, então, era enviado de volta para o aluno



Em Fuzhou, na província de Guangzhou, a polícia encontrou esta carteira receptora em um homem que fazia um teste. A maquina funciona em conjunto com uma pequena câmara.





A câmera foi construído em uma garrafa de bebida de plástico.
Na província chinesa de Sichuan, 40 alunos tentaram usar uma caneta de alta tecnologia
A caneta tinha a função de enviar perguntas do teste para outro local e as respostas eram emitidas de volta via receptores de ouvido
Uma camiseta grampeada foi confiscada durante um exame
As informações da prova eram enviadas por um conjunto de celulares da Nokia, configurados como dispositivos de transmissão. A criatividade foi grande, mas o governo chinês conseguiu impedir a fraude


Fonte: R7
Visto em: , , ,