Internautas criam "banho coletivo na casa de Alckmin"

| 25 de out de 2014
Foto de capa do evento apresenta montagem de Alckmin com touca de banho (Reprodução/Facebook)
Evento simbólico criado no Facebook mostra a insatisfação de mais de 27 mil internautas

Enquanto em maio deste ano o Facebook foi invadido por eventos fakes bem humorados, este é um protesto à crise hídrica no Estado de São Paulo, da falta de planejamento do governo Paulista diante da - prevista - pior estiagem desde 1953. O Estado é governado pelo médico pindamonhangabense Geraldo Alckmin (PSDB).


O Sistema Cantareira é a principal fonte de captação de água de São Paulo e abastece mais da metade da Região Metropolitana do Estado e desde o começo do ano enfrenta a crise. Atualmente está com apenas 3% de sua capacidade.


Uma das criadoras do evento "Banho coletivo na casa do Alckmin", Sabrina Ferreira, conta em uma publicação que "quando o evento foi criado, a intenção era puramente expressar a insatisfação sobre a negligência do Governo do Estado de São Paulo com a situação." e completa "Nunca imaginamos que tomaria essa proporção".

Ela também informa que a criação do evento é simbólico e não tem nenhuma ligação com partidos políticos e que "as organizadoras não se responsabilizam por nenhum ato, devido a violência desmedida dos últimos tempos." e desabafa "Tudo hoje é motivo de agressão física, street fighter partidário, e não queremos colocar ninguém aqui em risco".

O evento "acontece" na segunda-feira (27).
Leve a toalha, pois não tem pra todo mundo, recomendam.


Redação Curiozitty
Visto em: , , ,