8 inventores (que você não conhece) que mudaram a sua vida

| 29 de jan de 2014
Muitos objetos estão tão integrados ao nosso cotidiano que a gente nem se pergunta como eles surgiram. Tudo bem, é normal não questionar o surgimento da descarga, por exemplo. Mas isso tem um lado ruim também, porque inventores importantes que tiveram sacadas geniais para melhorar o nosso dia-a-dia são relegados ao limbo do anonimato. Por isso, a SUPER mostra 8 pessoas de que (provavelmente) você nunca ouviu falar, mas que criaram coisas sem as quais você não viveria.

8 e 7) Robert Adler e Eugene Polley

Sim, já começamos a lista colocando duas pessoas no lugar de uma. É que foram preciso duas mentes brilhantes para criar este objeto que, com certeza, nos deixou mais preguiçosos. No caso, foram as mentes de Robert Adler e Eugene Pooley, ambos da empresa Zenith Electronics Corporation. Em 1955, Pooley inventou o “Flashmatic”, um controle remoto que mudava os canais com disparos de luz parecidos com um flash. O problema é que qualquer luz parecida que batesse nos sensores da televisão mudava o canal ou desligava o aparelho. Um ano depois, Adler sugeriu a solução: usar sons de alta frequência (ultrassom) para substituir os disparos de luz. Desde então, você nunca mais precisou se levantar para trocar o canal (embora ainda tenha que se esforçar para lembrar onde diabos foi parar o controle remoto).

6) John C. Koss

Esta dica vai especialmente para os DJs do ônibus: já inventaram os fones de ouvido. E faz muito tempo. Este objeto – que parte do pressuposto que ninguém é obrigado a conviver com o gosto musical alheio – foi inventado pelo americano John C. Koss, fundador da Koss Corporation, em 1958. Até hoje a empresa produz os fones. Justiça seja feita: naquela época, os fones já existiam, mas eram usados apenas na área de comunicação. Koss foi pioneiro ao fabricar fones de ouvido capazes de reproduzir tanto notas agudas quanto as graves, o que revolucionou o mundo do áudio e tornou o equipamento ideal para ouvir música.

5) Willis Carrier

Em meses de muito calor, é comum agradecer mentalmente ao santo inventor do ar-condicionado. Mas você sabe quem ele é? O engenheiro americano Willis Haviland Carrier, nascido em 26 de novembro de 1876, é o responsável pela ideia genial. Ele foi contratado para resolver o problema das mudanças de temperatura e umidade do ar em uma indústria gráfica e acabou por desenvolver as bases teóricas do condicionamento do ar. A empresa fundada por ele, a Carrier Corporation, produz e instala sistemas de ar-condicionado até hoje.

4) Ray Tomlinson

O engenheiro americano Raymond Samuel Tomlinson diz que não tinha um objetivo claro quando criou um programa que permitisse que usuários de redes diferentes de computadores trocassem mensagens. Tomlinson inventou o e-mail, em 1971, quando trabalhava na Bolt Barenek e Newmann. A empresa havia ganhado, dois anos antes, uma licitação para desenvolver uma rede de comunicação chamada ARPANET. Durante o processo, o engenheiro teve a sacada de misturar o código de dois programas diferentes e acabou inventando um dos mais importantes meios de comunicação do século XXI. Sorte a nossa!

3 e 2) Baltzar von Platen e Carl Munters

Baltzar von Platen e Carl Georg Munters ainda eram estudantes do Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo, na Suécia, quando inventaram um refrigerador de absorção a gás para fins domésticos, em 1922. Ele funcionava a partir de um processo engenhoso de mudança contínua de estado da amônia, que era usada como gás refrigerante. A geladeira chegou a ser produzida pela empresa AB Artic um ano depois, mas não teve muito sucesso, deixando de ser fabricada na década de 30. Mesmo assim, a ideia de algo mais sofisticado que blocos de gelo para conservar os alimentos já é louvável.

1) Alexander Cummings

Alexander Cummings não é famoso, mas sua invenção é bem íntima de todos nós: é dele a primeira patente registrada de um design de descarga sanitária! Cummings era um matemático, mecânico e relojoeiro escocês, nascido em Edimburgo, no ano de 1733. Ele chegou a escrever livros sobre o funcionamento de relógios e sobre a influência da gravidade, mas foi com a descarga que chegou ao primeiro lugar dessa lista. Afinal, imagine viver em um mundo sem descarga… bem desagradável, não?

via Superlista Superinteressante
Visto em: ,